A origem das espécies

29 maio

A Origem das Espécies completa 150 anos em 2009 e seu autor, Charles Darwin, completaria 200.

Não é preciso ter lido o livro para saber quem é Darwin; seu legado faz parte da cultura universal. Ao questionar a origem da vida e a superioridade humana, Darwin abriu feridas que ainda hoje custam a cicatrizar.

Darwin tinha convicção de que os seres vivos não são imutáveis, de que eles evoluíram de um único ancestral movido por forças naturais_ o que vai de encontro à idéia criacionista, na qual o homem é um ser único criado à imagem e semelhança de Deus.

Os dois pensamentos continuam vivos até hoje, e em constante conflito: se para os evolucionistas a doutrina da criação divina é fruto da ignorância e ameaça o mundo com uma sombra de obscurantismo e intolerância, para os criacionistas, o darwinismo se associa ao materialismo e está levando a sociedade ao colapso moral.

É claro que religião não é sinônimo de criacionismo, assim como ateísmo não é de evolucionismo. O próprio Darwin, que estudou para ser pastor anglicano afirmou “Não me parece haver qualquer incompatibilidade entre a aceitação da teoria evolucionista e a crença em Deus”.

Uma recente pesquisa britânica, realizada pelo Instituto Faraday para Ciência e Religião, aponta que 32% dos britânicos se simpatizam com a idéia do criacionismo, segundo a qual o mundo foi criado em uma semana há menos de 10 mil anos. Para 51% vale uma nova versão, com roupagem pseudocientífica, em que a vida na Terra vem evoluindo ao longo de milhões de anos, mas Deus planejou tudo e executou o processo. Esses números são parecidos nos EUA e no Brasil, segundo uma pesquisa feita pelo Ibope em 2004.

Uma discussão atual no Brasil é sobre o ensino laico nas escolas; ou seja, falar apenas do evolucionismo e deixar a vida religiosa com a família e a comunidade.

O embate promete se prolongar por muito tempo.

Resumo da matéria de Luciana Christante na Revista da Cultura, março 2008.

Darwin e Deus (imagem clickaumentável)

Darwin e Deus (imagem clickaumentável)

Tirinha de Carlos Ruas, do blog Um Sábado Qualquer.

E você: o que pensa sobre?

Quer saber o que eu e o marido pensamos? Clique aqui!

Anúncios

5 Respostas to “A origem das espécies”

  1. poetamatematico 31/05/2009 às 16:36 #

    hehehehehehehe

    Adorei o quadrinho

    Tô rindo até agora

    hehe, adoro essas tirinhas!

  2. Tiago 28/06/2009 às 14:45 #

    Basta olhar à nossa volta para perceber que tal Deus não existe. Não digo que não existe uma força superior porque iria estar a cair em erro, mas esse Deus que criou o mundo numa semana, supostamente é perfeito, se é perfeito como pode ter criado erros?, o mal, só se o mal também fizer parte da perfeição, talvez a perfeição seja isso, uma balança com o mal e o bem, num equilibrio constante. mas o que é a perfeição?
    Sim a teoria de Darwin é a mais correcta, pelo menos temos provas concretas, já na teoria de Deus, só temos alguns testemunhos com mais de 2000 mil anos.

    Também é difícil falar em “provas concretas” sobre a teoria de Darwin; são teorias, da mesma forma que a teoria criacionista.

    • Nathalia 04/09/2013 às 21:39 #

      Provas concretas para a teoria de Darwin? Cite alguma…
      Mas duvido que vc tenha provas do que citar…

  3. nathaly 09/04/2012 às 11:22 #

    a vida e uma coisa que de vemos gosta a gente nasci só e morre só ta bom

Trackbacks/Pingbacks

  1. Darwin e Deus — Café Mineiro - 29/05/2009

    […] são as mais variadas possíveis. Um assunto que andou na moda nos últimos tempos (pelo aniversário da teoria) é justamente o título deste post… Então resolvemos compartilhar nossas visões com vocês […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: