Arquivo | março, 2009

Campanha Nacional de Alerta ao Zumbido

26 mar

UPDATE: TV ZUMBIDO E INSTITUTO TANIT GANZ SANCHEZ

Devido ao meu post sobre zumbido, percebi que muitas pessoas têm dúvidas quanto a essa patologia_ todos os dias o post está entre os mais visitados e sempre recebendo comentários de pessoas comentando de seu zumbido ou pedindo alguma orientação.

Recebi, por email, um convite para assistir gratuitamente à palestra inaugural da Campanha Nacional de Alerta ao Zumbido e repasso o convite a todos vocês, que se interessam pelo tema!

Leia mais sobre o zumbido aqui e sobre a campanha aqui. Para profissionais da área, a palestra será às 20 horas e abordará estratégias para o tratamento do zumbido.

Segue o email:

“Você é nosso convidado para assistir a palestra de abertura da ‘Campanha Nacional de Alerta ao Zumbido’, com Dra. Tanit Ganz Sanchez, que tem como objetivo chamar a atenção do público e comunidade médica sobre Zumbido e as formas de tratamento que podem restabelecer a qualidade de vida aos seus 28 milhões de portadores.

A palestra é gratuita, mas solicitamos a doação de 1Kg de alimento não-perecível ou produtos de limpeza ou fraldas infantis/geriátricas.

Aguardamos sua inscrição pelo email campanhazumbido@bancodenoticia.net por conta da capacidade da sala. Sua participação é fundamental.

Data: *27.mar.09* (sexta-feira)
Horário: **16h* – palestra aberta ao publico ‘*Zumbido: O que Seu Ouvido e Seu Cérebro Têm a Dizer’*
Local: *Hotel Golden Tulip Paulista Plaza – *Sala Lisboa – Alameda Santos, 85 – SP www.paulistaplaza.com.br
Inscrições pelo email campanhazumbido@bancodenoticia.net

Cães ou Humanos?

24 mar

Adorei a reportagem da SuperInteressante deste mês que fala sobre os melhores amigos do homem: os cães.

Ela conta que a maioria dos paulistanos considera o cão como um membro da família, como um filho. E que, segundo uma pesquisa realizada no Japão, isso faz sentido, pois pessoas mais ligadas a seus cães liberaram a mesma quantidade de ocitocina (um hormônio que desperta a sensação de apego) brincando com eles ou com seus filhos.

Fala de comportamentos que eu considero saudáveis, como sentir saudade do bicho, colocar fotos dele no serviço, e de outros que considero bizarros, como colocar os cães em creches, deixar herança ou mesmo casar com ele.

Nossa ligação com eles têm aumentado. Por quê? Segundo a revista, porque os cães são os mais aptos a interpretar sinais e gestos humanos. Nos imitam e preferem seguir um comando de um “líder da matilha”.

Há 15 mil anos, quando o homem passou a se aglomerar em cidades, o lixo começou a acumular, o que atraiu diversos animais, entre eles, os lobos. Os lobos que não tinham medo de pessoas, ficaram mais gordinhos, saudáveis e se procriavam mais. Com o tempo, já havia duas classes de lobos: os selvagens e os que ficaram dependentes das aglomerações humanas. Estes últimos, foram ficando mais amigáveis e com aparências distintas. Além disso, os mais adaptados foram os que continuaram com “jeitão” de filhote, pois o homem adora qualquer filhote de mamífero; os cães perceberam isso e enganaram nossos instintos…

… e alteraram seus próprios instintos: desaprenderam a caçar para comer e se especializaram em ganhar comida (quem resiste a um olhar pidão?), aprenderam a latir para chamar nossa atenção, fazem xixi no poste  /  na parede levantando a perna, para que o cheiro fique na altura de focinhos alheios.

Passaram a ser utilizados para guiar e proteger rebanhos, para caçar e trazer o alimento ao dono da matilha, a proteger lares…

O homem acelerou tal diferenciação, criando as diferentes raças que conhecemos hoje_ o que criou um boom de doenças genéticas e emocionais; e o cão passou a servir como companhia.

Alguns biólogos acreditam que a salvação para que as doenças não extingam determinadas raças está na mistura; ou seja, todo cão, no futuro, poderá ser um pouco vira-lata (e como eu me orgulho de ter a minha!).

—————

Em tempo: nos meses de abril e maio será realizada uma campanha para conscientizar os donos de cães a vaciná-los anualmente contra cinomose. Cinco porcento da verba arrecadada com a venda de vacinas (pequena porcentagem, na minha opinião) será repassada a ONGs afiliadas à Sociedade Mundial de Proteção Animal. A cinomose pode levar à morte.

—————

PS: Agradeço à Sammia pela indicação ao Prêmio Dardos. O selo já está na barra lateral! Devo indicar 15 blogs que valham a pena, então, lá vai (peço desculpas a todos os outros que ficaram de fora):  Fefices, Moto Notícia,    Sadojornalismo, Eu, eu Mesma e Tine, Guloseima, Um Sábado Qualquer, Bichinos de Jardim, Depósito do Calvin, Fiando Conversas, Agridoce, Mundo Quitinete, Se7e Segundos, Rastro de Carbono, Marmota e Ogrices.

Mais sarna!

22 mar

O convite veio da Lu e do Marmota. O template lindo foi feito, também, pelo Marmota.

Não tinha como não aceitar a um convite para fazer parte do dialética.org e entrar para a família.

Café Mineiro é blog meu e do marido.

Venha nos visitar, bater um papo e tomar um cafezinho! 😉

Assine o feed do Café!

Sarna

18 mar

Sei que estou arranjando sarna pra me coçar, pois meu tempo é escasso.

Mas ficar blogando é algo que gosto tanto, tanto, que vale as coçadas.

Acesse aqui!

E assine o feed de lá clicando aqui!

Meme 666

9 mar

Inspirada pelo Doni, resolvi aderir a esse meme:

1 – Vá à sua pasta de fotos no computador.
(Tenho pasta de fotos, imagens, fotos especiais… enfim, várias pastas. Será que tenho síndrome de secretária? O.o)

2 – Vá ao sexto arquivo de fotos, procure a sexta foto.
(Bom, a única pasta que tinha mais que seis arquivos de foto logo na primeira subdivisão era a de imagens.)

3 – Coloque essa foto no blogue e escreva alguma coisa sobre ela.

4 – Convide 6 amigos para participarem e fazerem o mesmo.
(Hmmm… quem gostou da idéia, sinta-se à vontade.)

A imagem é um tirinha do Angeli:

angeli

Engraçado que esses dias estava justamente conversando sobre isso com o Rodrigo. Que o povão brasileiro tem vergonha de ficar devendo, se sacrifica para pagar suas contas em dia.

Leituras recentes

3 mar

Do Natal para cá consegui ler apenas 4 livros, ao menos, todos valeram a pena! Recomendo!

O Pequeno Príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry – meu livro de cabeceira de ontem, hoje e amanhã! Acho ótimo relê-lo! Já falei um pouco sobre ele aqui.

Os Contos de Beedle, o Bardo, de J. K. Rowling – um interessante livro da autora de Harry Potter. Aqui, ela mostra a nós, “trouxas”, os contos-de-fada que os pais bruxos contam a seus filhos. Para quem não se lembra (ou não sabe), este livro de contos é citado em Harry Potter.

As Intermitências da Morte, de José Saramago – há muito era curiosa por ler Saramago, mas nunca tive a oportunidade. Assistir ao filme Ensaio sobre a Cegueira só atiçou a vontade. Graças a um amigo, que tem algumas de suas obras, tal desejo será realizado aos poucos. Comecei com As Intermitências da Morte, escrito em português de Portugal_ uma ou outra palavra precisaram ser decifradas. Gostei da história e de seu jeito peculiar de escrever: praticamente um texto corrido, com vírgulas intercalando diálogos e devaneios.

Meias Vermelhas & Histórias Inteiras, de Marcos Donizetti (Doni) – Desde que ouço falar do livro tenho vontade de lê-lo. Consegui agora, graças ao empréstimo do Trotta. Escrita rápida e sagaz. Em alguns contos, fiquei com a sensação de “quero mais”; adoraria ver o desenlace de Meias Vermelhas e Abandono. Divertidos, trágicos, românticos… tem contos pra todos os gostos!