Archive | abril, 2008

Aviso aos navegantes!

27 abr

Eu já havia escrito isso, mas foi em um PS do post que inaugurou a coluna da Tia Fono… PS, pra mim, é coisa importante, caso contrário, não mereceria ser dita; mas admito que nem todos devam ler os PS da vida.

Voltando ao assunto, quero dizer que esse mês entrei para o mundo do FeedBurner.

(O Rodrigo já explicou tim-tim-por-tim-tim o que é esse tal de Feed nesse post aqui! Então, se quiser saber mais a fundo, leia lá.)

Em suma, através desse feed, dá pra eu ter uma idéia de quantas pessoas realmente lêem meu blog, ou melhor, quantas pessoas assinam meu blog (tipo assinatura de revista mesmo, manja?).

Então, caso vocês leiam meu blog e utilizem algum tipo de Reader (tipo Google Reader), peço que, por favor, atualizem meu endereço para esse aqui: http://feeds.feedburner.com/MaRoma. Ou cliquem no ícone da barra lateral, logo abaixo do selinho do blog!

Obrigada pela atenção!

_____________________

PS (olha ele aí de novo): Esse blog já atingiu mais de mil comentários!! Uhuuuu!! E isso, contando apenas os comentários a partir de 18 de janeiro de 2007, quando começou o blog no wordpress. (Quando tiver muito tempo de sobra, eu conto os anteriores a essa data – ou não -; pois como eram da UOL, eu tive que colar os comentários abaixo dos posts, então terei que contar uma um se quiser saber os números exatos). E quem fez o milésimo comentário foi a Márci, no post do Dia Mundial da Voz!! Espero continuar por aqui por muito tempo, e com a maravilhosa companhia de todos vocês! Beijos! 😉

Desenhos animados que deixaram saudades…

24 abr

Para os saudosistas de plantão, dentre os quais eu me incluo, que acreditam que não se fazem desenhos como antigamente… e acreditam que aqueles desenhos deveriam dominar o mundo!

É uma “pequena” seleção… ficaram alguns desenhos de fora!

“Ursinhos Gummi” (1985) foi o segundo seriado animado da Walt Disney; quando precisavam defender seus lares apelavam para o “Suquinho Gummi”, que dava superpoderes.

———————–

Roteiro caprichado de “ThunderCats” (1985) agradava jovens e adultos; tanto que o desenho até ganhou história em quadrinhos.

———————–

Não se assuste com a cara sisuda do cabeçudo; “Pinky e o Cérebro” (1995) renderam muitas risadas em suas tentativas de dominar o mundo.

———————–

Com a ajuda dos poderes de Grayskull, “He-man” (1983) e amigos defendem o planeta Eternia das forças malignas do vilão Esqueleto.

———————–

“Snoopy” (1983) nasceu nos quadrinhos, mas depois de muitos especiais ganhou uma série animada; seu dono é o Charlie Brown, mas até parece o contrário.

———————–

“Caverna do Dragão” (1983 ) é inspirado no famoso jogo de RPG “Dungeons & Dragons”; tem gente que chora até hoje com o final da história.

———————–

Três panterinhas descobrem o super-herói da idade da pedra que adora gritar “Capitão Caveeerrnaaa” (1977).

———————–

A vida seria perfeita para “Os Smurfs” (1976) se o pentelho feiticeiro Gargamel não quisesse devorar as simpáticas criaturas azuis.

———————–

“Duck Tales” (1987) levou para a telinha as aventuras do afortunado Tio Patinhas; ele não perdia uma oportunidade de abarrotar ainda mais sua caixa forte.

———————–

Lá vai a triônica “Formiga Atômica” (1965); o desenho até lembra o de super-heróis modernos, exceto pelo tamanho do bem-feitor, é claro.

———————–

Dick Vigarista e seu companheiro Muttley trapaceavam em toda prova de “Corrida Maluca” (1968), mas sempre paravam antes da linha de chegada.

———————–

O gato malandro “Manda-chuva” (1961) fazia de tudo para se dar bem na vida ao lado de sua gangue… para desespero do guarda Belo.

———————–

Continue lendo

Meme do Livro

20 abr

A Fefa fez esse meme, e eu achei um barato e me candidatei a dar continuidade a ele!

Primeiro passo: Pegar um livro próximo (PRÓXIMO, não procure!).

– Peguei o A Batalha do Apocalipse, de Eduardo Spohr, que estou lendo (e, portanto, está em cima da mesa)_ e estou gostando!.

Segundo passo: Abrir na página 161.

Terceiro passo: Procurar a quinta frase completa.

Quarto passo: Postar essa frase no blog.

Quinto passo: Não escolher a melhor frase, nem o melhor livro.

Vamos lá: “Os Serafins se tornam mais humildes quando postos sob o fio da espada.”

(Uia! Que frase, hein?!)

Finalmente, devo indicar cinco blogs para continuarem o meme. Vou indicar o Rodrigo e o Trotta. E quem quiser se habilitar, esteja à vontade!

——————–

PS: Dia 05 de abril, rolou um encontro de blogueiros na Casa Gafanhoto, em decorrência da Blogagem Inédita promovida pelo Edney, do InterNey. Infelizmente, eu tive que trabalhar e não pude ir ao encontro. Mas fui ao almoço que rolou depois, na padoca Tortula! Foi tudo muito bom! E uma das coisas mais legais que aconteceu foi que a Paula, do blog Rastro de Carbono, me deu uma sacola reutilizável linda!! Que já usei várias vezes!! Quer uma? Clique aqui e ajude a prolongar a vida de seu planeta!

Dia Mundial da Voz

16 abr

Hoje, dia 16 de abril é o Dia Mundial da Voz. Evento originalmente brasileiro (1999), espalhou-se pelo mundo a partir de 2003.

Com a instituição de um dia fixo para debates em torno do tema, espera-se promover maior conscientização da população a respeito da importância da voz humana.

O uso da voz é importantíssimo seja no trabalho, na escola ou nas interações sociais. Mesmo assim muita gente abusa da voz fumando, gritando, bebendo ou usando a voz profissionalmente sem treinamento ou técnica.

O objetivo central da Campanha da Voz é informar e prevenir a população sobre hábitos incorretos no uso das cordas vocais que podem resultar em doenças como a laringite, o nódulo, a leucoplasia, os cistos e o câncer de laringe – a mais grave entre todas.

Médicos orientam que deve ser feito um exame de laringe sempre que a garganta apresentar sinais de irritação ou cansaço por tempo prolongado.

Com vocês, um recado do Locutor número 1 do Brasil, Ferreira Martins, sobre a Semana da Voz.

O site da Academia Brasileira de Laringologia e Voz traz mais informações sobre a voz e sobre a campanha:

(Parte da Coluna Fala, tia Fono!)

Fala, tia Fono!

15 abr

Para quem não sabe, sou Fonoaudióloga. Formada há pouco mais de um ano. Adoro a profissão que abracei. Mas percebo que pouquíssimas pessoas conhecem o vasto campo de atuação de um fonoaudiólogo.

A Fonoaudiologia é uma profissão relativamente jovem, quando comparada com as demais profissões da área da saúde. A primeira faculdade de Fono no mundo foi criada em 1900 na Hungria. No Brasil, o ensino começou na década de 60, com a criação do curso na USP e na PUC; mas o reconhecimento de profissão só veio na década de 70. Foi na lei número 6965, de 9 de dezembro de 1981, que o então presidente João Figueiredo regulamentou a profissão.

E a profissão tem crescido; não só em número de profissionais mas em áreas de atuação. O fonoaudiólogo pode atuar em unidades básicas de saúde, ambulatórios de especialidades, hospitais e maternidades, consultórios, clínicas, home care, domicílios, asilos e casas de saúde, creches e berçários, escolas regulares e especiais, instituições de ensino superior, empresas, veículos de comunicação (rádio, TV e teatro) e associações.

E o que o fono faz nesses lugares? Ele é responsável pela promoção da saúde, prevenção, avaliação e diagnóstico, orientação, terapia (habilitação e reabilitação) e aperfeiçoamento dos aspectos fonoaudiológicos da função auditiva periférica e central, da função vestibular, da linguagem oral e escrita, da voz, da fluência, da articulação da fala e dos sistemas miofuncional, orofacial, cervical e de deglutição. Exerce também atividades de ensino, pesquisa e administrativas.

Hein? Não entendeu lhufas? Fique tranqüilo! Está inaugurado o mais novo espaço fonoaudiológico da blogosfera: Fala, Tia Fono! Ainda não defini qual a periodicidade da coluna (e, como não gosto de obrigações, provavelmente não definirei), mas o objetivo é claro: divulgar o trabalho do fonoaudiólogo e contribuir para o esclarecimento de muitas dúvidas que vocês, leitores, possam ter.

Para isso, comente, participe, colabore com dúvidas e sugestões. Você pode participar diretamente aqui, nos comentários, ou me mandando um email (mariliazafig@gmail.com).

Em tempo: em fevereiro, publiquei esse post, que fala sobre a relação entre os fones de ouvido e a surdez!

Abraços!

———————
PS: Acabei de entrar para o mundo do feedBurner! Por favor, atualizem seus readers clicando aqui ou no ícone da barra lateral! Obrigada!

Oito coisas que quero fazer antes de morrer

12 abr

Fui indicada para continuar esse meme pelo Poeta Matemático. Eu devo postar oito coisas que gostaria de fazer antes de morrer. Ao finalizar, devo indicar oito blogs para continuarem o meme.

Como já expus em alguns posts, a morte é, para mim, uma convidada chata e estraga-prazeres, que quase sempre vem sem ser chamada e leva alguém que eu considero especial_ o que sempre me deixa triste.

Não sei quando ela pretende me buscar, mas, caso ela leia blogs (afinal, livros ela já lê e escreve), vou deixar um recado pra ela aqui: “Dona Morte, se der, espere eu realizar meus sonhos, sim? Obrigada! Se não der, paciência!”. Mas, deixando o blablablá de lado, vamos ao meme (não está em ordem de importância):

1- Gostaria de conhecer a Europa inteira com meu gatinho a tira-colo! Se não der pra ser inteira, que seja, ao menos, a Itália_ meu sonho!

2- Gostaria de conhecer os quatro cantos desse Brasil imenso! O frio do Sul, as praias do Nordeste… é lugar que não acaba mais!

3- Gostaria de conhecer a culinária típica de todos os cantos do mundo… hmmmm…

4- Gostaria de construir um mega-abrigo para todos os animais abandonados! Ou de poder contribuir pra alguma entidade que auxilie esses bichinhos!

5- Gostaria de atuar como os doutores da alegria, e seguir o exemplo de Patch Adams (que tive o prazer de conhecer em uma palestra).

6- Gostaria de contribuir de alguma forma para a melhora do mundo…

7- Gostaria de ganhar na mega-sena, nem precisa ser sozinha! Mas ganhar uma boa quantia, pagar as contas e ajudar meu pai a pagar as dele.

8- Gostaria de ter meu fusquinha vermelho, de interior bege-claro e pneus com faixa branca… uma lindeza!

Agora, vamos aos indicados (que não serão oito):

1-

2- Fefa

3- Trotta

4- quem mais se habilitar!

Manhê, eu quero fazer xixi na casa do Pedrinho!

9 abr

Dia desses, aconteceu um fato engraçado durante o passeio da Lilo: fui direto à praça onde ela gosta de fazer as necessidades, eu estava com pressa, mas ela não quis nem entrar na praça!

Ao invés disso, ficou olhando para uma das ruas que desembocava nela. E, já que nem com muito esforço meu ela quis ir para a praça, andei nessa rua com ela.

Ela foi direto para a calçada de uma casa onde ela A-D-O-R-A fazer xixi. Detalhe: ela já conheceu o cachorro que mora na casa, uma macho muito fofo! Dito e feito: após fazer seu xixi em frente à casa desse cachorro, voltou para a praça, toda pimpona! Eu mereço!

———

Parece que foi ontem, mas já fazem seis meses que minha filhota canina, a Lilo, está comigo.

Para quem não se lembra da história da chegada dela aqui em casa, vale a pena dizer que ela foi adotada através da Maria Augusta, do Anjos para Adoção. É uma história que vale a pena ser relembrada!

Não sabemos se ela fugiu (o que nos parece impossível, pois ela é uma doçura de cachorra) ou se foi abandonada (qual crápula seria capaz de fazer uma coisa dessas?), mas hoje ela está muito bem, obrigada, e completa dois anos (segundo cálculos aproximados da veterinária). O dia, nove, foi escolhido por mim, que também faço aniversário em dia nove de outro mês. O mês, abril, foi escolhido de acordo com o cálculo da veterinária: a adotamos em final de setembro, e ela tinha aproximadamente, um ano e seis meses.

Parece que ela está comigo há uma eternidade! Que sempre esteve aqui! Tamanha é a nossa sintonia e afinidade! Com seu jeito meigo e olhos “doces, amendoados e cor de mel” (sic mãe coruja), conquistou não só a mim e ao Rô, mas a todos os que a conhecem!

Já foram vários momentos juntos! Momentos importantes! O casamento (ela ia ficar linda de daminha, não ia?), meu primeiro emprego e as nossas descobertas da fissura dela por meias e do medo das estátuas do Parque da Independência, de ciúmes do Rô devido à sociabilidade que passear com ela proporciona, de fama (afinal, a história dela foi parar no fórum da Revista Vida Simples), de quase atropelamento às vésperas do desfile de Carnaval, de angústia por ter de deixá-la sozinha (leia-se sem mim) na lua-de-mel (e dá-lhe recomendações aos cuidadores!), assaltos furtivos à mesa da cozinha e muitos, muitos momentos de terapia do pêlo!

Charminho

Hoje, não consigo me imaginar sem ela! Desejo que ela continue pra sempre ao meu lado com muita saúde e muitas lambidas!

——-

PS: O fato mencionado no início do post têm acontecido sucessivas vezes!

Todos os dias ela só quer fazer xixi na calçada da casa desse cachorro, pois tem uma parte cheia de grama, o que ela adora.

Devido à insistência dela em só querer fazer xixi lá, acabamos fazendo piada do fato, dizendo que ela só quer fazer xixi na casa do Pedrinho, uma alusão à propaganda que virou febre.