Um presente muito especial (1998)

24 mar

Tema: Aniversário de 18 anos.

Hoje estou completando dezoito anos. Sinto que uma fase da minha vida já passou. Sinto-me importante, pois agora poderei tirar carteira de motorista, participar mais ativamente da política do país e…

“Dim-Dom” _ a campainha interrompendo meu fluxo de pensamentos. “Quem será?”.

Ao abrir a porta, dei de cara com o carteiro. Ele trazia um envelope grande endereçado a mim e sem remetente. Agradeci-lhe, mas onde já se viu não me dar os parabéns?!?

Olhei para o envelope, curiosa. Quem poderia tê-lo mandado. “Abrir ou não abrir, eis a questão”. Fiquei nessa luta, por um tempo (sempre quis ficar num dilema bobo, com as atrizes de novela). Por fim, abri-o. Dentro havia uma folha em branco, um CD e uma foto minha de quando eu tinha uns quinze anos. “Nossa! Que estranho!” Fiquei amedrontada de início, mas depois fui vencida pela curiosidade. “Por onde começar?… Pelo CD!”.

Coloquei o CD no aparelho de som. Era uma ópera de Shakespeare que falava de amor. “Será que quem me mandou a carta quer que eu seja Sherlock Holmes?” A ópera é linda_ assisti-a com um ex-namorado quando tinha quinze anos; ele foi meu único grande amor. “Hum…” Comecei a unir a foto ao CD_ “Será que foi ele?”.

Olhei a foto. Sim, não restavam dúvidas. A foto foi tirada na casa dele. Eu dei-lhe minha foto para que servisse de lembrança. Mas, uma idéia atravessou minha mente como um raio. Na peça, Sherlock desvendou um enigma colocando a folha contra a luz. Resolvi fazer o mesmo e qual não foi minha surpresa ao ver cupidos, corações e… Uma mensagem: “Passarei aí mais tarde para buscar minha foto. O CD é para você. RF”. Após um breve instante de perplexidade, fiquei eufórica: era meu amor que voltava do exterior!

“Tenho que me arrumar”, pensei. Tomei um banho demorado, coloquei minha melhor roupa… Parecia uma princesa.

Às oito horas da noite, a campainha toca novamente. Abro e na minha frente está um imenso buquê de rosas vermelhas e brancas, segurado por RF.

“Feliz Aniversário, meu amor”.Após chorarmos abraçados, conversávamos mais que… Com licença, leitor, mas agora, o momento é pra ser vivido só a dois.
——————
Comentários

Não seja por isso!!!!!
Patty | 01/04/2005 01:47
Resposta: kkkkkkkk…

estive aqui
Patty | 31/03/2005 14:17
Resposta: grande coisa… rs…

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: